Computadores e desempenho escolar

Uma pesquisa realizada na Unicamp por Jacques Wainer, do Instituto de Computação e Tom Dwyer, do Instituto de Filosofia e Ciências Humanas mostra que o uso de computadores para realizar tarefas escolares está associado a um desempenho pior dos alunos.

Os pesquisadores utilizaram dados do SAEB (Sistema de Avaliação da Educação Básica) 2004, que perguntou com que freqüência os alunos utilizavam o computador para tarefas escolares (sempre, de vez em quando, raramente ou nunca).

Analisando os dados e agrupando os alunos em classes sociais, os estudantes que sempre utilizavam o computador para as tarefas escolares obtiveram em todas as análises um desempenho pior do que os nunca utilizavam. As pesquisas anteriores apontavam o resultado favorável a quem utilizava computador por não considerar as classes sociais, já que alunos de classes sociais mais altas possuiam, em geral, um desempenho escolar melhor.

Wainer, autor da pesquisa, disse à Agência Fapesp: “Como o computador é bom para nós, professores, por exemplo, tendemos a achar que ele é útil para todos. Mas ele não é uma solução mágica para a educação”.

A pesquisa se restringiu à análise estatística dos dados, não discutindo as razões deste resultado. Vale a pena destacar que ela não possui informações mais detalhadas sobre o uso do computador para as tarefas escolares.

Esse assunto já foi bastante discutido aqui, como nos artigos Pesquisa aponta que computador não influencia o desempenho do aluno, Cowboy: Inclusão Digital e Projeto “Um Computador por Aluno”: inclusão digital à vista?.

Como trabalho com computação e internet, vejo diversos usos educacionais interessantíssimos, alguns já discutidos aqui, como para o Wiki; mas, é claro, como disse Wainer, o computador não é uma ferramenta mágica, e não é qualquer uso que trará ganhos.

O que vocês acham? Que razões podemos especular para esse resultado?

Leia mais:

Esta entrada foi publicada em Avaliação, Tecnologia e Ensino, Todos os artigos e marcada com a tag , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

8 respostas para Computadores e desempenho escolar

  1. Rubia disse:

    interessante, as lojas vendem computador (e banda larga) para os pais dizendo que vai ajudar os filhos na escola

  2. Concordo com você, o problema não é a máquina, mas sim o modo como é utilizada. Sempre trabalho com lousa eletrônica, computador e outros recursos interativos, e quer saber? A maioria dos alunos do colégio não está nem aí. No cursinho é outra coisa, galera interessada! A aula é um show! Mas no colégio é sempre a mesma falta de interesse da maioria. Imagina então na casa deles? Computador deve servir só para ver putaria e joguinho! Aí o babaca do pai vai lá com boa vontade, compra o computador, mas não ensina ao filho como usá-lo!

  3. Clarissa disse:

    Oi, André
    Concordo que o computador deve ser dosado e que muitos alunos na verdade não o usam da maneira correta e eficiente para a educação deles. Acho que cabe aos pais dar limite ao uso do computador e ao professor incentivar e recomendar um uso pedagógico da internet. Como exemplo eu gostaria de citar o site Como tudo funciona, um dos nossos clientes aqui na Edelman Digital. O site é voltado para o ensino, pensado para o aluno e como complemento de educação e ensino. É didático e pode ajudar o aluno, professor ou o simples usuário a saber mais – http://www.hsw.com.br Bons sites, que ajudem o aluno a se desenvolver, existem. Agora basta saber se os alunos têm interesse em conhêce-los ou não..
    Abraços e parabéns pelo blog,
    Clarissa

  4. ferzinha disse:

    eu acho q ajuda ,mas q tambem atrapalha…
    bom opinião é própria cada um tem a sua…..

  5. XL disse:

    Esse artigo é tosco e sem nenhum sentido. o problema é do computador o problema é dos operantes BIOS. Depende de quem usa tem professor que diz que não “gosta muito de computador e de novas tecnologias” só porque não sabe usar e tbm pouco se lixa para aprender, ou seja, os alunos de hoje em dia estão anos luz diante desse assunto e para a maioria o computador a internet é uma maravilha, o que falta é planejamento do professor no uso dessas ferramentas, o professor tem que ser capaz de desafiar o aluno a construir conhecimentos através do computador e não deixar eles a toa só para pesquisas ou digitação de trabalhos.
    Incentivo é que não falta, se tem aluno desinteressado é fato, mas cabe ao professor mudar ou amenizar esse quadro buscando maneira interativas para chamar atenção dos mesmos.

  6. XL disse:

    Esse artigo é tosco e sem nenhum sentido. o problema não é do computador o problema é dos operantes BIOS. Depende de quem usa tem professor que diz que não “gosta muito de computador e de novas tecnologias” só porque não sabe usar e tbm pouco se lixa para aprender, ou seja, os alunos de hoje em dia estão anos luz diante desse assunto e para a maioria o computador a internet é uma maravilha, o que falta é planejamento do professor no uso dessas ferramentas, o professor tem que ser capaz de desafiar o aluno a construir conhecimentos através do computador e não deixar eles a toa só para pesquisas ou digitação de trabalhos.
    Incentivo é que não falta, se tem aluno desinteressado é fato, mas cabe ao professor mudar ou amenizar esse quadro buscando maneira interativas para chamar atenção dos mesmos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *