Filhos de políticos na escola pública?

Foto do Cristovam BuarqueEsta é a proposta do senador Cristovam Buarque, em projeto de lei do ano passado.

Sua idéia é que todos os agentes públicos eleitos sejam obrigados a colocarem seus filhos na escola básica pública até 2014.

Estima-se que sejam deduzidos mais de 150 milhões de
reais nas declarações de imposto de renda de políticos eleitos para financiar escola privada

Na justificativa do projeto, Cristovam afirma: “Talvez não haja maior prova do desapreço para com a educação das crianças do povo, do que ter os filhos dos dirigentes brasileiros, salvo raras exceções, estudando em escolas privadas”.

E você? Concorda?

Voltamos a deixar o espaço inicialmente aberto a vocês! Em breve colocaremos nossa posição! Para dar nossa opinião, escrevemos o artigo: Ensino público para quem?

Veja também:

Esta entrada foi publicada em Política Educacional, Todos os artigos. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

8 respostas para Filhos de políticos na escola pública?

  1. Debora disse:

    NOSSA, Adorei a proposta. Mas, cá entre nós, isso não vai vingar. Duvido algum político votar a favor.

  2. Heitor Souza disse:

    A proposta é muito boa, mas disse a Debora, nao vai passar.
    A educaçao devia ser estatizada, junto com a saude

  3. Maikon disse:

    Só não vinga quando ninguém faz nada!

    É verdade que se eles tiverem escolha votaram contra, mas e se não tiverem?

    Pressão gente, vamos espalhar isso por ai, fazer reinvindicações, calçar o calo deles, fazer pressão…
    É só não deixar morrer que vinga, o grande problema somos nós mesmos que desistimos de lutar muito rápido.
    Se cada um fizer um pouquinho, eles não terão outra escolha.

  4. Maikon disse:

    Nessas horas vale panfleto, corrente de email, manisfestação… tudo ajuda, só não ajuda quem não faz nada.

  5. Pingback: Ensino público para quem? » Futuro Professor

  6. Victor B. disse:

    O problema da educação no Brasil NÃO É apenas resultado da má gestão pública. É ingenuidade acreditar que a proposta do caro Cristovam Buarque (a quem eu admiro bastante) vai dar cabo da atual situação do ensino básico. Pode melhorar, mas não muita coisa. Muito moralismo.

    Para ter educação de qualidade,comparável a do primeiro mundo é necessário muito mais dinheiro do que o pobre Brasil dispõe em caixa (por curiosidade procurem quanto o OBAMA vai injetar na educação dos EUA neste ano, é ABSURDO).

    Enquanto não industrializados, continuaremos “mal educados”.

  7. Patricia disse:

    Esta proposta é interessante, mas é só um sonho que nunca vai ser realizado (cá entre nós), porque para os políticos é vantajoso deixar o “povo brasileiro” continuar sem estudo, assim continuarão votando nos mesmos políticos de sempre, e eles continuarão se reelegendo.

  8. MaxwellMe Olympique Lyonnais NicholSch
    IsidraEnr Real Madrid MableKent
    VetaMotle Island ShadHartl
    MajorFall Real Madrid Bernadine
    QCGJohnni Olympique De Marseille LeonardSa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *