Síndrome de Burnout

Trabalhadores que lidam diretamente com o público estão sujeitos a um tipo de esgotamento emocional conhecido como Síndrome de Burnout. De acordo com os especialistas, a Síndrome ataca principalmente médicos, enfermeiros e professores. Segundo a psicóloga Mary Carlotto (ver links abaixo), a manifestação da doença em professores já é maior que a registrada em outros cargos.

A Síndrome é constituída de três dimensões:

Exaustão emocional, caracterizada por uma falta ou carência de energia,entusiasmo e um sentimento de esgotamento de recursos; despersonalização, que se caracteriza portratar os clientes, colegas e a organização como objetos; e diminuição da realização pessoal no trabalho, tendência do trabalhador a se auto-avaliar deforma negativa. As pessoas sentem-se infelizes consigo próprias e insatisfeitas com seudesenvolvimento profissional. (Carlotto, 2002 – ver links abaixo)

O tratamento psicológico é variável, uma vez que cada caso/pessoa necessita de atendimento especial. Além disso, o que se sabe é que a doença nem sempre é facilmente identificada pelo portador. Os efeitos no trabalho do professor são problemas no planejamento de aula, esgotamento emocional, desatenção etc., podendo levar ao afastamento.

Conheça mais sobre a Síndrome nos links abaixo:

Esta entrada foi publicada em Formação de Professores, saúde, Todos os artigos, Valorização do Professor, Violência na Escola e marcada com a tag , , , , , , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

2 respostas para Síndrome de Burnout

  1. francimar duarte disse:

    gostaria de saber mais sobre essa síndrome

  2. I’m not positive where you’re getting your info, however great topic. I needs to spend a while learning much more or figuring out more. Thanks for great info I was on the lookout for this information for my mission.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *